Conheça algumas alternativas de VPN gratuitas para Android
vpn
Android Dicas

Conheça algumas alternativas de VPN gratuitas para Android

Nesta segunda, o aplicativo Opera VPN deixará de funcionar, conforme noticiamos aqui no Linux Centro. Se você não quis fazer a migração para a SurfEasy, empresa que era pertecente a Opera e responsável pelo funcionamento do Opera VPN e agora pertence a Symantec e opera sobre planos pagos, vamos indicar algumas alternativas nessa matéria.

VPN Monster

Resultado de imagem para vpn monster

Esse aplicativo é distribuído pela Turbo VPN que possui um outro aplicativo com este nome, oferecendo o mesmo tipo de serviço, ao final das contas, tanto o VPN Monster como o Turbo VPN são operados pela All Conected uma startup de soluções para internet. No entanto, para chegarmos ao nome da empresa, tivemos que dar algumas voltas, pois por algum motivo o nome All Conected pouco aparece no aplicativo (o encontramos apenas na url da internet que fornece os termos de privacidade que foi divulgado apenas no TurboVPN – http://static.allconnected.co/privacy_policy_turbovpn.html), por algum motivo, nem mesmo no site da All Connected é exibido seus dois aplicativos de VPN, ao invés disso apenas um aplicativo de teste de velocidade de internet, player e ferramenta de segurança são exibidas como soluções de apps desenvolvidos por eles.

Partindo para a VPN Monster, o serviço promete de forma gratuita um tráfego ilimitado, bastando apenas clicar no botão de power para iniciar. Na versão gratuita ainda é possível escolher alguns servidores disponíveis em localizações como Cinagpura, Holanda, Estados Unidos e Canada, mais opções são dispostas apenas no plano pago, junto com a promessa da ausência de publicidade e maior velocidade de tráfego.

A VPN Monster ainda promete em seu termo de privacidade (disponível nas opções de configurações do aplicativo, mas exatamente o mesmo do link que fornecemos anteriormente) que não armazena nenhum dado pessoal ou de navegação dos usuários, sendo todos eles deletados, assim que a VPN é desligada, segundo a empresa, apenas a localização, dispositivo, sistema operacional e comportamento são capturados para estudos e melhoria do serviço.

Psiphon Pro

Resultado de imagem para psiphon pro

Operado pela Psiphon Inc, seu surgimento teve como objetivo combater a censura na internet, oferecendo vários servidores Proxy pelo mundo. Sua tecnologia é a partir de softwares de código aberto, desenvolvidos originalmente pela Citizen Lab da Universidade de Toronto.

A Psiphon Pro em seu termo de privacidade, aponta que originalmente coleta nos logs de seus servidores informações como localização, tipo de dispositivo, número da versão do aplicativo e comportamento. Porém, também deixa claro que utiliza o mopub, inmobi e millennialmedia como opções de monetização (exibindo publicidade no aplicativo) e essas empresas possuem seus próprios termos de privacidade, com base nos dados que coletam durante a navegação para exibição de publicidade relacionada.

A VPN oferece tráfego ilimitado mas com velocidade máxima de 2Mb/s para os planos gratuitos e oferece planos pagos com velocidade ilimitada e sem anúncios. Seu uso é fácil, bastando clicar em iniciar e escolher se quer tunelar todo o dispositivo ou apenas o navegador do Psiphon.

Protect

Resultado de imagem para protect vpn

Operada pela Onavo que atualmente pertence ao Facebook, oferece uma conexão ilimitada, sem limites de velocidade, com exibição de publicidade.

Em seus termos de privacidade, a Protect deixa claro que coleta os sites acessados, aplicativos instalados em seu dispositivo, como você utiliza os aplicativos instalados, sua localização e a quantidade de dados utilizados. Por fim, esses dados, segundo os termos da Protect, não são utilizados apenas pela Onavo mas também com demais aplicativos e serviços pertencentes ao Facebook.

Seu uso é simples, bastando o clicar de um botão para tunelar a navegação.

Betternet

 

Resultado de imagem para betternet

Operado pela Betternet LLC, a VPN oferece conexão ilimitada em troca de publicidade, aqui fora usado o termo “troca”, pois o aplicativo pede que seja visto um vídeo publicitário de tempos em tempos, para lhe dar a conexão gratuita.

Nos termos de privacidade da Betternet, a empresa informa que no modelo gratuito, a publicidade é genérica, não sendo usado qualquer informação do usuário para gerar a propaganda, sendo que as informações que são apontadas como coletadas nos termos de privacidade, são a localização, tipo de dispositivo, sistema operacional, idioma, navegador utilizado e informação sobre a conexão (Se é móvel ou WIFI).

Para quem estiver disposto a pagar pelo pano premium, terá a oportunidade de escolha do servidor a ser utilizado na conexão, segurança a nível militar, uso em até 5 dispositivos, suporte prioritário e conexões mais rápidas.

O uso do Betternet é bem simples, bastando clicar em iniciar e dar a permissão para o tunelamento, no entanto, vale destacar que de todos os aplicativos citados aqui, o Betternet exigiu a permissão de acesso ao uso, esse tipo de permissão no Android serve para permitir que um app consiga saber suas configurações de idioma, sua operadora e até mesmo os apps que possui instalado e a frequência com que são utilizados (apesar da empresa não informar esse tipo de coleta de informações em seus termos de privacidade).

Pois essas foram algumas opções e alternativas de VPN gratuitas, procuramos deixar bem claro os termos de privacidade dessas opções, pois para serem oferecidos gratuitamente, eles precisam de coletas de informações para poderem achar outras formas de monetização, sendo a principal, normalmente a publicidade.

Please follow and like us:
RSS
Facebook
Facebook
Twitter
YouTube