Categorias: Android Rom

Análise da rom LiquidSmooth 3.0

Esta matéria vai inaugurar uma nova seção no Linux Centro, onde serão feitas diversas análises com as mais variadas rom existentes para o Android. Visto a popularidade que as roms alternativas vem recebendo e seu contínuo crescimento, com mais opções e variedades, encontramos a necessidade de deixar mais claro sobre a experiência de cada uma delas, suas funções, desempenho, seu diferencial. Não abordaremos nestas análises o procedimento de instalação, estes continuarão a ser feitos em matérias separadas devido aos diferentes processos para cada aparelho, aqui apenas abordaremos sobre a rom e o que ela pode oferecer.

A rom abordada aqui e que vem sendo testada já faz algumas semanas para esta análise é a LiquidSmooth, uma rom não das mais conhecidas porém com um excelente trabalho e com uma gama de opções que vai lhe dar total dominio sobre o que você puder e não puder imaginar.

A LiquidSmooth é baseada na AOSP e recolhe cada função das diversas roms que existem no mercado para incorporar em seu sistema, por isso o usuário terá a sua disposição o motor de temas da CyanogenMod, o sistema de notificações da Paranoid e assim por diante, vamos começar a falar dessas opções.

Nas configurações encontramos um menu com mais opções que o Android original, logo abaixo da seção de redes, temos a seção ‘Geral’, aqui o usuário encontra opções como interface, tela de bloqueio, navegação, notificações, performance e barra de status.

Cada uma delas traz mais uma série de opções, a interface por exemplo permite mudar o esquema do painel de aplicativos recentes, aquele que é exibido ao segurar o ‘Quadrado’ da barra de navegação, podemos modificar as opções que serão exibidas no menu de energia, o que é exibido ao segurar o botão ‘Power’, adicionando muito mais opções do que apenas reiniciar ou captural de tela, na verdade você pode adicionar qualquer função ou aplicativo a este menu.

É possível designar funções especificas para quando você agita o aparelho, seja abrir um aplicativo como apagar uma notificação ou expandir a tela, o mais interessante é que você pode designar mais de uma opção para diversas formas de agitar o telefone, por exemplo, você pode configurar o aparelho para desligar a tela ao ser agitado horizontalmente e abrir o navegador ao ser agitado verticalmente, são muitas as possibilidades.

Ainda no menu ‘Interface” é possível diminuir ou aumentar a densidade da tela de seu aparelho, esta função é interessante para quem prefere abrir mão de qualidade de imagem em pró de duração da bateria. Na tela de bloqueio conseguimos mudar estilo, ícones, o que é exibido, entre outros.

Já conhece o menu PIE da Paranoid? Este nasceu com o intuito de dar suporte ao modo imersivo da mesma, na LiquidSmooth não só existe o modo imersivo como ele foi aprimorado, podendo receber mais opções além de ser uma barra de navegação dinâmica. Para quem não conhece o modo imersivo, trata-se de uma função onde as barras do sistema são escondidas, aumentando o espaço útil da tela para sua home e aplicativos.

Outras opções que merecem destaque na rom são as relacionadas com sua segurança e privacidade, a rom conta com um bloqueador de anúncio próprio, ao invés de precisar usar o app do Adblock que abre uma VPN e consome recursos extras do sistema, a função de bloqueio de anúncios da LiquidSmooth quando ativada, direciona os hosts de publicidade para um valor vazio, desta forma não há retorno e não é exibido nenhum tipo de propaganda, ainda nesta opção, existe um campo de atualização de hosts, onde os desenvolvedores adicionam novos serviços dee publicidade ao bloqueador. Mas ao usar essa função tenha sempre em mente, o aplicativo, jogo ou site que você acessa exigiu muito trabalho, tempo e dedicação de uma ou mais pessoas, a publicidade é o salário deles para que você continue recebendo excelente conteúdo gratuitamente.

Aplicativos para bloqueio de chamadas e SMS não são necessários na LiquidSmooth, ela conta com o sistema de ‘Lista negra’ qualquer número adicionado pode ter chamadas ou sms, ou mesmo os dois bloqueados, o telefone sequer chega a tocar como acontece com alguns apps do genero, se você optar por ser notificado quando uma chamada for bloqueado, receberá logo após esta ocorrer, caso contrário nunca mais terá noticia daquele contato. É possível até mesmo bloquear de forma genérica, usando ‘*’ por exemplo, ‘*123’ você bloqueia qualquer número que termine com 123 e ‘123*’ você bloqueia qualquer número que comece com 123.

Existe até mesmo um gestor de privacidade de aplicativos, não importa quantas permissões o aplicativo que você instalou peça, aqui você pode desativar as que quiser. Ele pede acesso a seus contatos e SMS, você pode bloquear um deles ou todos eles, isso serve para qualquer aplicativo, uma ótima opção que dá total controle do sistema ao usuário.

As notificações são outro brilho da LiquidSmooth, portadas da Paranoid, você encontra a possibilidade de usar o Halo, o Hover, o Active Display e o Peek, vamos explicar cada uma.

O Halo traz o sistema de ‘bolhas’ do Facebook messenger para qualquer notificação de seus aplicativos, com ele ao receber uma notificação a mesma é exibida em uma bolha em sua tela, podendo ser arrastada para qualquer canto da mesma e ao clicar abre-se a aplicação.

O Hover transforma as notificações em uma barra flutuante no topo de seu smart, parecido com as notificações do IOS, a diferença é que ao clicar sobre esta o app responsável pela notificação é aberto em forma de janela flutuante, assim você pode ler e responder uma mensagem do ICQ ou um comentário no Google Plus, sem sair do seu jogo ou do que esteja fazendo no momento, um é aberto sobre o outro, um multitarefas mais encorpado.

O Active Display ao receber uma notificação com o telefone bloqueado, a tela é acessa exibindo apenas um fundo preto com as horas e a notificação de forma minimalista, ao segurar esta é possível ver mais detalhes sem a necessidade de ativar o telefone por completo.

O Peek lembra um pouco o Active Display, mas de forma ainda mais intuitiva, como o nome sugere a intenção é apenas dar uma rápida espreitada nas notificações existentes, ativando essa função o sistema reconhece quando o aparelho foi manuseado e acende a tela por alguns segundos apenas exibindo as notificações em uma tela de fundo preto.

Desempenho

Falamos de diversas funções da LiquidSmooth, agora vamos abordar seu desempenho no dia a dia, a rom está sendo usada já faz mais de uma semana e em momento algum apresentou nenhum problema de execução, nenhuma parada ou qualquer tipo de bug, todas as funções responderam como esperado e o sistema correu fluído todo o tempo. O consumo da LiquidSmooth é inclusive um tanto quanto baixo, o sistema puro, sem nenhuma instalação do usuário consome por volta de 600MB de RAM, para a quantidade de funções disponibilizadas é uma marca realmente pequena.

Bateria

O consumo de bateria da rom não foi um problema, na verdade o aparelho, um Nexus 5, segura em média 15 horas de uso pesado, quando nos referimos a uso ‘pesado’ incluímos 1 hora de música com o Google Play Music, 2 horas de jogos em 3D, sendo eles The Sims Free play e SimCity Buildit e mais de 3 horas de navegação na internet com o Dolphin, isso nos deu autonomia citada, sendo 5 horas de uso de tela, todavia é importante ressaltar que a rom contou com o apoio do Kernel Codeblue que está sendo utilizado em conjunto, portanto é correto afirmar que a união da LiquidSmooth com o Codeblue nos dá uma autonomia de mais de 12 horas no Nexus 5.

O sistema conta com a opção de performance, deixamos para falar desta aqui por considerarmos mais conveniente com o assunto, nesta é possível modificar clock do processador e diversas outras opções que modificam o desempenho do aparelho, porém não podemos nos aprofundar muito a esta, pois como optamos em utilizar o Kernel Codeblue e não o oficial da LiquidSmooth, a função de performance foi desativada para nós.

Aparência

No quesito aparência a LiquidSmooth não foge do usual, isto porque ela utiliza um fork do Google Now Launcher, denominado LiquidLauncher, visualmente não há modificações, porém tecnicamente foram incluídas diversas opções que permitem aumentar ou diminuir a grade de aplicativos, retirar a barra de busca e determinar o número de áreas de trabalho.

A barra de tarefas conta com o quick menu, totalmente configurável e assim como no CyanogenMod e na Paranoid, basta um clique sobre uma das opções para desativar determinada função. Além disso a LiquidSmooth também conta com a função de duplo toque na barra para bloquear o aparelho.

O painel de aplicativos recentes é um dos destaques não só no quesito aparência, como em funcionalidade, a rom permite você escolher dois modos diferentes, o primeiro é o que já conhecemos no Android Loolipop, porém com um acréscimos que podem ser adicionados ou não, sendo eles a opção de jogar para a direita para fechar o app e a esquerda para abri-lo em modo flutuante, também é possível acrescentar uma barra ao topo do painel, onde é exibido a memória consumida e a disponível. O segundo modo e que consideramos o melhor é um painel lateral, ocupando apenas pouco mais da metade da tela, ele é exibido por cima da aplicação em aberto, o que permite uma troca entre aplicativos de forma muito rápida, é como transforma o painel de aplicativos recentes em um dock ocultável.

A maior vantagem no quesito visual está no poder do motor de temas, sendo este o mesmo que usado na Cyanogen e Paranoid, os temas desenvolvidos para uma das duas servirá sem problemas na LiquidSmooth, e como sabemos os temas destas conseguem modificar totalmente o sistema, desde barras de navegação, discador e aplicativos, á animações, fontes e sons. Se você quer conhecer alguns dos melhores temas disponíveis para estas roms, clique aqui.

Se você gostou de nossa análise e gostaria de ver sobre outras roms especificas deixe sua sugestão nos comentários, procuraremos testar todas que venham a ser pedidas.

Disqus Comments Loading...
Compartilhar

Matérias Recentes

O primeiro notebook com GPU Quadro RTX 6000

SANTA CLARA, Calif., 5 de setembro de 2019 —A NVIDIA e a ASUS hoje anunciaram que as GPU Quadro RTX™ 6000 alimentarão o… Leia mais

2 horas ago

Gears POP! – Vale a pena o jogo da Microsoft para Android e IOS?

Recentemente Xbox Game Studios, antiga Microsoft Studios, divisão de jogos da Microsoft, liberou o “Gears POP!” um game para Android… Leia mais

1 semana ago

GCam – Use o Google Camera em seu Xiaomi Pocophone F1

A Google Câmera, ou GCam, como ficou conhecida é atualmente uma dos melhores aplicativos para câmeras do mercado. (mais…) Leia mais

2 semanas ago

Vivaldi – Navegador chega a versão 2.7 com melhorias

Amanhã, 21 de agosto de 2019, uma quarta-feira, os usuários terão a sua disposição a versão 2.7 estável do navegador… Leia mais

2 semanas ago

Firefox Preview – O novo navegador para Android

Alguns não sabem, mas a Mozilla tem em seu planejamento uma total reformulação do seu navegador para Android, para seguir… Leia mais

3 semanas ago

2,8 bilhões em fraudes evitadas com avaliação de risco de e-mails

Para combater o crescimento do número de tentativas de fraudes online, que têm custado bilhões de dólares às companhias anualmente,… Leia mais

3 semanas ago

Utilizamos de cookies e outras tecnologias, para personalizarmos os conteúdos e a publicidade, oferecermos os botões sociais e analisar o tráfego