Xiaomi Redmi 5 Plus - Vale a pena comprar esse Android? - Linux Centro
Xiaomi Redmi 5 Plus
Android Aparelhos

Xiaomi Redmi 5 Plus – Vale a pena comprar esse Android?

Encontrado na casa dos R$ 900 reais no Mercado Livre em pronta entrega, o Xiaomi Redmi 5 Plus é um aparelho lançado pela chinesa no final do primeiro semestre de 2017, sendo popular em marketplaces brasileiros, como toda a série Redmi. Mas será que compensa comprar esse smartphone Android? É o que o Linux Centro vai te dizer nos próximos parágrafos.

Hardware

O Redmi 5 Plus faz com louvor a questão de hardware e bate todos os grandes nomes em dispositivos intermediários, oferecendo mais capacidade por menor preço. Equipado com um processador Snapdragon 625, um dos mais econômicos da Qualcomm quando falamos em energia, esse processador tem 8 núcleos de 2Ghz cada.

Em memória RAM, o aparelho conta com 3GB de RAM, uma GPU Adreno 506, 32GB de memória expansível por SD Card de até 128GB, uma tela de 6 polegadas e uma densidade de 403 ppi em uma resolução Full HD (1080x2160px).

O Redmi 5 Plus significa um pulo significativo em quase todos os quesitos de hardware quando comparado ao Redmi 4x, seu antecessor, até mesmo a tela agora é equipada com Corning Gorila Glass dificultando a possibilidade de arranhões.

Também é interessante destacar que agora o aparelho possui bordas muito menores, dando mais destaque para a tela que agora tem os cantos arredondados e a retirada dos botões capacitativos, adotando os botões virtuais.

O Sistema operacional do Redmi 5 Plus

Comprando agora, você já receberá um aparelho com a MIUI 9.6 e já com confirmação para a MIUI 10, para quem ainda não conhece esse é o fork do Android feito pela Xiaomi e equipado em seus principais dispositivos, talvez um dos principais diferenciais, além de preço e hardware, visto que a chinesa é uma das poucas fabricantes Android que mantêm seus dispositivos atualizados por longos períodos.

É válido destacar na parte do sistema operacional, que devido a MIUI ser um fork, prender-se ao número da versão do Android que ela usa como base pode ser um grande equivoco, visto que a empresa trabalha em suas próprias correções, melhorias e novidades, portanto olhar para a versão base do Android usada, é quase o mesmo que olhar no Android puro, a versão do Kernel Linux utilizada, na MIUI o que importa é a versão da MIUI recebida por seu dispositivo.

Por falar nisso, a MIUI 9.6 embarcada no Redmi 5 Plus oferece diversos recursos interessantes, o principal destaque talvez fique para o chamado tela infinita, onde o sistema desliga os botões virtuais e toda a mecânica de interação do sistema passa a funcionar por gestos, tal como o Jolla OS já aposta faz algum tempo. Um arrastar de dedo da esquerda para a direita, substitui o botão voltar, enquanto um arrastar de baixo para cima, substitui o botão home e o gerenciador de apps abertos é substituido por um arrastar e segurar de baixo para cima.

Ainda existem muitas funcionalidades presentes de forma nativa na MIUI, como possibilidade de duplicar app’s, incluindo Whatsapp e ter mais de uma conta, um eficiente gestor de permissões, um completo gerenciador de pacote de dados e assim por diante.

O desempenho do Redmi 5 Plus

Se sua preocupação é se o aparelho é lento, apresenta travamentos ou coisas do renego, esqueça as dúvidas. O dispositivo mostra eficiência e velocidade desde sua primeira utilização, com animações fluídas e tempo de resposta imediato, o Redmi 5 Plus mostra-se extremamente eficiente para multitarefas e para ações mais pesadas, como jogos em suas altas resoluções.

Apesar dos Redmi’s anteriores nunca terem sido um problema para com o desempenho, é possível notar a maior velocidade nos tempos de resposta do 5 Plus.

Bateria

Sempre elogiamos o gerenciamento de bateria da MIUI que tende a estender significamente a vida útil da duração da bateria, mas o Redmi 5 Plus superou o que já tinhamos visto antes, mesmo mantendo a bateria de 4000 Mah.

A afirmativa acima é porque acreditávamos que por ter uma bateria de, praticamente, a mesma capacidade do Redmi 4X, teríamos uma perda de duração longe da tomada no 5 Plus, mas para nossa surpressa o contrário ocorreu.

Mais de 8 horas de tela

Talvez devido a utilização do Snapdragon 625, que como citado anteriormente é um dos melhores processadores em consumo de bateria, conseguimos bater mais de 8 horas de tela ligada, assistindo vídeo, com o Redmi 5 Plus. Já em um uso pesado, incluindo jogos e muita interação com a tela, conseguimos bater mais de 5 horas de tela e normalmente, um dia inteiro sem carregar.

Câmera

O Redmi 5 Plus oferece uma melhoria significativa na câmera frontal, que agora conta com um flash e tem 5MP, capaz de filmar em Full HD. A câmera traseira conta com 12MP, dual led, fotografa em resolução de 4000 x 3000 pixel e filma em HD.

O dual led da câmera traseira ajuda nas fotografias em lugares escuros, dando maior equilíbrio a luz gerada, ao invés daquele único ponto de luz causado por um único flash. Não chega a ser uma câmera profissional, perdendo um pouco das cores (ficando amarelada) quando neste aspecto de ambiente, mas mantêm a qualidade e visibilidade, sem tornar-se escurecida ou pixelada.

Redmi 5 Plus Câmera Traseira
Câmera traseira no escuro com dual led

Na câmera frontal é interessante ver que não tivemos a situação da foto ficar meio amarelada, em compensação o problema do pixelado surge em ambientes escuros, apesar de minimizados significamente graças a presença do flash frontal.

Redmi 5 Plus Camera Frontal
Redmi 5 Plus Camera Frontal com led

Ao final quando comparado com as opções de dispositivos intermediários, a câmera frontal e traseira do Redmi 5 Plus é de excelente qualidade e deve atender a maioria dos usuários, mas para quem procura uma câmera profissional, esta não é a escolha certa.

Armazenamento

O Redmi 5 Plus conta com 32GB de armazenamento, ficando pouco mais de 25 GB disponível ao usuário. Além disso o aparelho suporta cartões de memória de até 128GB, porém aqui vale um detalhe, o slot de memória é dividido com o do chip, portanto o usuário deve escolher entre usar um chip nano e um cartão de memória ou dois chips (nano e convencional).

A Xiaomi ainda oferece 6GB gratuitos para armazenamento de fotos, documentos, contatos e músicas na nuvem, com a Mi Cloud. Porém na versão Global, o usuário também conta com os GApps, tendo dessa forma a sincronização automática e ilimitada do Google a sua disposição.

Ainda existe a possibilidade de contratação de um plano premium da MI Cloud que tem um dos menores valores do mercado, por 50 reais anuais você consegue um armazenamento total de 26GB, existindo opções de até 1TB.

O Xiaomi Redmi 5 Plus é um aparelho que oferece grande qualidade, inúmeros recursos e boa durabilidade, ainda contando com o histórico de uma empresa que tem como prática oferecer muitos anos de atualizações para seus equipamentos é muito válido colocar o 5 Plus como opção de compra, desbancando diversos nomes mais fortes do mercado nacional.