SPTAXI - O aplicativo de taxi de São Paulo - Linux Centro
SPtaxi
Android Aplicativos

SPTAXI – O aplicativo de taxi de São Paulo

SPTaxi

A prefeitura de São Paulo resolveu oferecer sua solução própria de aplicativo para táxi, chamado de SP Táxi, o aplicativo possui a mesma proposta dos demais, sem grandes diferenciais para o usuário neste momento.

Já para os Taxistas existem algumas vantagens em seu lançamento, a primeira é que o aplicativo funciona apenas e unicamente para Táxi, sendo portanto um concorrente direto para o Easy Taxi que é o único atualmente que não possui a modalidade de carro particular. Além disso o SPTaxi não está cobrando tarifa das corridas, porém esse é um comportamento apenas para o lançamento, após isso passará a ser cobrado, com promessa de tarifas menores que a do mercado (atualmente os aplicativos cobram de 17% a 25% de cada corrida realizada pelo motorista).

Em seu primeiro uso o SPTaxi exige um cadastro, não oferecendo suporte a conexões por redes sociais e exibindo um formulário em tela para criação do acesso, infelizmente a solução adotada não é a mais adequada, visto que o formulário não se adequa a tela de um smartphone da forma devida e ainda exige um captcha que também não comporta-se adequadamente no enquadramento oferecido pelo aplicativo.

View post on imgur.com

Felizmente são poucas as informações solicitadas e conseguimos preencher rapidamente o formulário que pede nome, tratamento, email e criação de senha. Feito isso e logado, o SPTaxi exibira uma tela com grande foco no mapa e na parte inferior o seu endereço atual e a opção de inserção do destino desejado (assim como os demais aplicativos é possível alterar o endereço atual para que possa pedir um Táxi para outra pessoa).

Após informado a origem e destino, o aplicativo informa o tempo previsto para chegada e o usuário deve clicar no botão “Avançar” para seguir para a escolha de pagamento, infelizmente o aplicativo não suporta o pagamento online, tendo o usuário que pagar diretamente ao Taxista, que pode optar por não receber em cartão de crédito ou débito, mas o pagamento em dinheiro é imposto a todos. Além disso o aplicativo apenas dá um valor estimado, deixando a responsabilidade de cobrança totalmente a encargo do taxímetro, isso de certa forma é um retrocesso, tirando novamente do usuário o controle do valor de sua viagem, ainda mais que não será cobrada diretamente pelo aplicativo.

Só depois de selecionado percurso e forma de pagamento, surge uma terceira tela com o valor da corrida e exibição de possibilidade de desconto, caso algum taxista o esteja oferecendo, podendo ser de até 40% no valor total da corrida.

Por hora o SPTaxi é inferior as opções de mercado, enquanto 99, Easy e Uber investiram em interfaces que exijam menos etapas e consigam exibir o maior número de informações importantes em uma única tela, o SPTaxi exige diversos passos até que a corrida dê andamento. Além disso o aplicativo não aceita o pagamento online, tirando um dos principais confortos desta modalidade e ainda permite que opções mais seguras como cartão não sejam aceitas.

Se o SPTaxi pretende ser um diferencial para os taxistas de São Paulo, o aplicativo não consegue, por hora, oferecer vantagens para que o usuário final opte trocar o 99 ou Easy por ele. Em meio de tanta competição por esse mercado, apenas oferecer um aplicativo sem taxas para os Taxistas, por mais que seja benéfico aos trabalhadores da área, não é o suficiente para conquistar um nicho. É preciso oferecer um funcionamento agradável e facilidades no pagamento para o cliente, ao mesmo tempo que uma opção mais confortável para os Taxistas.

O aplicativo acabou de ser lançado e pode e deve receber mudanças no futuro, isso acontecendo, o Linux Centro voltará a analisá-lo. Para baixar e testar você pode clicar no botão que está no topo desta matéria, caso ainda não tenha a Linux Centro Store instalada, será pedida a instalação de nossa loja, antes do aplicativo desejado.