Categorias: Curiosidades

Como criar um site de forma rápida e simples

A criação de um site não é mais uma tarefa destinada apenas a programadores que conhecem as linguagens e os códigos de programação.

Com a tecnologia cada vez mais desenvolvida e os avanços da  Internet, saber como criar um site é um conhecimento que está ao alcance de todos.

Mas por que ter um site? A resposta é que hoje em dia um site é fundamental para quem possui uma empresa e até mesmo para quem quer ingressar no mercado de trabalho. Ter um site já não é mais um diferencial, é uma necessidade.

Vários profissionais das mais variadas áreas necessitam de um site. A presença online atualmente é fundamental. Por isso, acompanhe nesse artigo as etapas para a criação de um site.

Os passos para você ter o seu site

Antes de você criar um site para o seu negócio você deve ter em mente quais são os seus objetivos.

O seu site será um e-commerce? Será um site para divulgar a sua empresa ou será um site para você divulgar o seu portfólio profissional? Em alguns casos, pode ser um blog.

Enfim, é essencial que você tenha bem definido qual será o seu projeto online. Dessa maneira é mais fácil atingir os resultados que você espera, inclusive podendo gerar retorno financeiro.

Um site, nesse caso, conta com um caráter mais institucional, sendo muito relevante para você divulgar a sua empresa, por exemplo. Já um blog possui um perfil de entretenimento, onde você poderá tratar de algum assunto específico do seu interesse.

A escolha da plataforma

O primeiro passo para a criação do seu site ou blog é optar pela plataforma ideal. Nesse caso, você pode escolher por um Sistema de Gerenciamento de Conteúdo (CMS). Os mais conhecidos atualmente são o Joomla, Drupal e o WordPress.

As três plataformas citadas são gratuitas, sendo que o WordPress é a plataforma mais utilizada hoje em dia, tanto por pessoas já experientes no mundo virtual quanto por iniciantes.

Outra forma para você criar o seu projeto web é utilizar um programa destinado especificamente para a construção de sites, tais como o Wix e o Webnode. Assim como os CMS, os construtores são intuitivos e de fácil assimilação.

A hora de obter a hospedagem e o domínio

Um site necessita de um lugar para ficar “guardado” no espaço virtual. Ele necessita de um lar, de um endereço. Em suma, o site precisa de uma boa hospedagem e também de um domínio. Dessa maneira ele poderá ser encontrado e acessado.

Existem atualmente diferentes tipos de hospedagem de site. Alguns exemplos dessa variedade são a hospedagem compartilhada e a hospedagem em nuvem. Verifique qual é a mais vantajosa para o estilo do seu site.

Em relação ao domínio, é possível afirmar que ele é o endereço do seu site. Por isso, ao fazer um site escolha um domínio curto e de fácil memorização.

A criação do site

Depois que você preparou o terreno chegou o momento de iniciar o trabalho de construção. Sendo assim, vamos utilizar como exemplo a criação de um site utilizando a plataforma WordPress.

De início, efetue a instalação do WordPress. Você pode fazer isso usando o recurso de instalação automática que esse software oferece. Após a realização da instalação, é necessário iniciar a configuração do programa. O processo de configuração consiste em:

Excluir post padrão

Após a instalação do WordPress, uma postagem padrão será realizada por você. Exclua essa postagem indo ao menu “postagens > todas as postagens”. Ao fazer isso, escolha a opção para excluir.

Configurar comentários

Por meio dessa configuração você pode optar se irá permitir comentários em suas postagens, adotar ou não notificações por e-mail e também filtrar ou não determinados tipos de comentários.

Personalizando o seu site

Você deve pensar agora no aspecto visual do seu site. Esse é um passo importante, pois a estética é uma característica importante em se tratando de espaço na Internet. Sendo assim, o WordPress conta com temas personalizáveis. Alguns gratuitos, outros não.

Opte por um tema que seja de acordo com o perfil do seu site. Lembre-se que caso você considere necessário, é possível posteriormente alterar o tema.

Efetue a instalação de plugins

Os plugins são extensões que visam trazer mais facilidades e funcionalidades diferenciadas para o seu site. Portanto, há plugins pagos e gratuitos.

Escolha aqueles que você considerar essenciais. Alguns exemplos de plugins são o Worldfence Security, ideal para manter o seu site livre de invasões. Outro exemplo de plugin é o Google XML Sitemaps, destinado para efetuar a geração automática de sitemaps.

Conclusão

Após a etapa de instalação e configuração, você terá condições de efetuar as suas edições no site, aproveitando recursos como de texto, inserção de imagens, vídeos e slides.

Viu como não é difícil ter um site atualmente? Se você tem uma ideia para investir na Internet crie o seu site. A hora é agora!

Precisa de instruções para configurar seu site do zero? Você pode dar uma olhada neste guia, onde lhe é mostrado passo a passo de como comprar o domínio e configurar sua instalação WordPress.

Disqus Comments Loading...
Compartilhar

Matérias Recentes

2,8 bilhões em fraudes evitadas com avaliação de risco de e-mails

Para combater o crescimento do número de tentativas de fraudes online, que têm custado bilhões de dólares às companhias anualmente,… Leia mais

6 horas ago

Cartão de crédito Méliuz – Cashback em todas as compras – Vale a pena?

Já faz algum tempo que o Méliuz, serviço de cashback em compras, se quer saber mais sobre ele clique aqui,… Leia mais

1 dia ago

Ame Digital – A evolução da conta digital da Americanas e Submarino

O Ame nasceu como uma solução própria do grupo B2W, responsável pela Americanas, Shoptime, Submarino e Sou Barato, para fidelização… Leia mais

2 dias ago

Alfred – O aplicativo para fãs de cinema

Alfred é uma rede social para aqueles que são fãs de cinema, controlado e desenvolvido pela FlixMedia, sua proposta é… Leia mais

3 dias ago

O Que Todo Mundo Precisa Saber sobre Segurança no Linux

Muitas pessoas consideram os sistemas Linux como sendo mais seguros e, em alguns casos, até mesmo “imunes” aos principais vírus… Leia mais

2 semanas ago

C6 Bank – Vale a pena usar o rival do Nubank?

C6 Bank é a nova fintech que pretende concorrer com Inter, Nubank, Neon e outros players o mercado de banco… Leia mais

2 semanas ago

Utilizamos de cookies e outras tecnologias, para personalizarmos os conteúdos e a publicidade, oferecermos os botões sociais e analisar o tráfego