Veek - O que achamos da nova operadora virtual - Linux Centro
veek
Analise

Veek – O que achamos da nova operadora virtual

Já faz algum tempo que a modalidade MVNO (Mobile Virtual Network Operator) fora autorizada no Brasil, desde então algumas opções surgiram no mercado, como a Porto Conecta e a Correios. Outra que por um tempo tinha atraído os olhares por sua proposta de ser despochada, era a Veek, no entanto por falta de publicidade ou de motivos para ser alvo do boca a boca, essa operadora virtual ainda não é conhecida por muitos.

A Veek é uma proposta independente, operada pela EUTV, a mesma responsável pela operadora virtual dos Correios, a qual utiliza da infra estrutura da Tim para oferecer seus serviços. Na prática, você está usando os serviços da Vivo, mas dentro das regras e preços praticados pela Veek.

Sua proposta é interessante, apesar de não exatamente inovadora, a idéia é que o cliente não precise de central de atendimento ou lojas físicas, tudo é feito e gerenciado por um aplicativo. Tudo que o cliente precisa fazer é baixar o app da Veek, preencher um breve cadastro e aguardar o chip chegar em sua casa, gratuitamente, para começar a usar a operadora.

Mas nessa parte, não existe uma inovação, visto que a Nextel oferece a mesma coisa com o Happy e a Vivo com o Vivo Easy, desta forma, o que destaca a Veek das demais opções no mercado?

Gostaria de vos dizer que existem muitos pontos, mas na prática, não existem. Se começarmos com a praticidade de uso, a ativação do chip acaba por colocar ralo a baixo, o processo não é nada automático, o usuário precisa abrir o aplicativo da Veek, escanear o código de barra do chip e completar alguns passos para receber o número. Depois disso, é preciso ir nas configurações do sistema (Android ou IOS) para criar uma APN e associar ao chip, visto que a Veek não consegue oferecer as configurações de forma automática como ocorre na ativação de chips de operadoras como Claro, Tim, Oi, Vivo e Nextel.

Mas como este passo, mesmo que não intuitivo, é rápido e não deve tomar mais do que 5 minutos do usuário, é totalmente praticável a ativação de sua conta, mas depois dela, mais decepções chegam.

Os custos da Veek são extremamente altos, uma operadora que se propõe a oferecer um serviço que dispensa lojas físicas e tudo ocorre por aplicativo e chat, espera-se que consiga diminuir seus custos para oferecer preços menores, mas não é o que temos aqui.

A Veek não possui planos/pacotes, você carrega um valor desejado por cartão de crédito e usa os créditos como preferir, isso poderia significar um melhor controle, mas ao final sai muito mais caro, para se ter uma idéia, 4GB de internet custam na Veek em torno de R$ 88 reais. Com R$ 40 reais é possível ter o plano básico do Happy da Nextel que oferece ligação ilimitada, mensagens ilimitadas, aplicativos de mensagem ilimitados e não bloqueia sua internet ao final do pacote de dados.

Já no Vivo Easy você monta o plano do seu jeito, escolhendo a quantidade de internet que vai de 1 até 100GB, custando em média R$ 10 reais o GB (R$ 20 reais, quando apenas 1GB é contratado) e sem validade, além de poder escolher pacotes destinados a uso de aplicativos específicos, pacotes de voz e SMS ilimitados. Veja que mesmo o Vivo Easy sendo uma opção mais cara que o Happy da Nextel, ele ainda é mais vantajoso que a Veek.

Na parte de ligações, 10 minutos custam um real na Veek. Não chega a ser um valor tão absurdo como o praticado com a internet, mas que ainda perde para os concorrentes que oferecem ligações e mensagens ilimitadas junto a grandes pacotes de dados, por praticamente o mesmo valor que você pagaria por 2GB ou 400 minutos de ligações na Veek.

Também demos uma olhada para a velocidade oferecida pela operadora, para isso usamos o aplicativo Fast da Netflix e estavamos localizados na Zona norte de São Paulo, nessa região a velocidade alcançada fora de 8,5 Mbps, não das piores e acima do prometido em contrato. Porém, quando fizemos o mesmo teste com o chip da Nextel (vinculado a um plano pós da operadora), alcançamos a velocidade de 20Mbps.

Veek

Enquanto acompanhava a Veek para fazer essa análise, fui um pouco além de testar o serviço da operadora, também acompanhei diversas reclamações dos clientes e as respostas da operadora, sendo que a justificativa para quando é apontado seus altos preços, é que a Veek trata-se de uma alternativa as operadoras convencionais e que só cobram o que o cliente utiliza de verdade. Mas basta fazermos algumas contas para percebermos, que não há compensações, o preço alto praticado pela Veek torna o negócio inviável para o consumidor.

Se você utiliza muita internet ou ligações e não quer ter um plano convencional, já possui opções como o Happy e Vivo Easy, que ainda possuem outras vantagens incluídas, se seu consumo é baixo ou não quer ter gastos mensais, ainda é mais vantajoso optar por um pré-pago das operadoras tradicionais ou um dos planos semanais que o Happy também oferece.

Com isso, não há como recomendarmos a Veek, obviamente queremos a liberdade de poder contratar e controlar nossos planos e uso de operadora apenas por um aplicativo, como acontece com os cartões de crédito e contas bancárias, mas um custo beneficio vantajoso é essencial, ninguém quer pagar até 3x mais por um pacote de dados ou uma ligação.