Linux Tutoriais

Como ativar o Multiprocessos do Firefox no Ubuntu

Na última versão disponibilizada pela Mozilla, o Firefox recebeu uma grande melhoria em seu gerenciamento de processos, o deixando mais rápido, com menor consumo de memória RAM e com melhor eficiência na hora de isolar abas que tenham travado ou estejam lentas.

Tudo isso é proposto com o novo multiprocessos da versão 54 do navegador da raposa de fogo, dividindo por padrão o Firefox em 2 processos (Podendo ser setado para mais processos pelo usuário) a administração das atividades tornam-se mais eficientes, tornando mais difícil que todo o navegador trave em determinadas situações.

Quem ficou com medo de um aumento de RAM, por ter lembrado os multiprocessos do Chrome, fique sossegado, a Mozilla pensou nisso e optou por um sistema diferente. Primeiramente o Mozilla não isola cada aba em um novo processo, mas sim divide tudo que está sendo executado entre os dois ou mais processos que o motor está configurado para gerar.

Resultado de imagem para firefox 54

Além disso, a fundação mostra que a melhoria no motor faz com que o hardware seja melhor trabalhado, diminuindo o consumo de RAM ao invés de aumentar.

Porém para quem usa o Ubuntu ou distribuições derivadas, pode não estar aproveitando da novidade, mesmo que já esteja com o navegador atualizado. Isso porque o Firefox no Ubuntu tem uma versão “especial” que recebe algumas modificações, por algum motivo aparente, tais modificações carregadas em uma extensão, desabilita o multiprocesso.

Mas calma, a solução é fácil e rápida, vá até as extensões e procure por uma chamada de “Ubuntu Modifications” caso esteja presente, desative e reinicie o Firefox.

Pronto! O Multiprocesso será ativado imediatamente e você pode conferir digitando em uma aba “about:support”