Como integrar o OneDrive com o Linux - Linux Centro
onedrive
Linux Tutoriais

Como integrar o OneDrive com o Linux

Que o OneDrive da Microsoft não possui versão oficial para Linux, todos sabemos, mas também sabemos que ele é o serviço que oferece o menor custo para o espaço de 1TB, um pacote compartilhado com 5 pessoas, pode sair por menos de R$ 30 reais ao ano para cada um.

Diante disso, existem algumas ferramentas não oficiais, muito eficientes para que você use esse serviço de armazenamento, já ensinamos algumas por aqui no Linux Centro. Hoje ensinaremos mais um procedimento, desta vez mostrando uma integração muito bacana entre OneDrive e sua distribuição Linux.

Mas se você prefere opções que ofereçam suporte oficial para o Linux, boas opções são o Pcloud, Yandex Disk e Dropbox.

O primeiro passo para integrar o OneDrive em seu Linux é abrir o terminal e executar os comandos abaixo:

sudo apt install -y git build-essential python3-dev libssl-dev inotify-tools python3-pip python3-dbus
snap install ngrok

Para o Fedora e openSUSE use estes comandos:

dnf install git build-essential python3-dev libssl-dev inotify-tools python3-pip python3-dbus
snap install ngrok

Os comandos anteriores instalaram o ferramentário necessário para o OneDrive-d que será o software de código aberto, criado por Xiangyu Bu do Github e mantido, atualmente, por 09 colaboradores. Os próximos comandos, independem da distribuição Linux que estejas usando:

git clone https://github.com/xybu/onedrived-dev.git ~/.odd
cd ~/.odd
sudo python3 ./setup.py install

Agora é hora de configurar o OneDrive em sua máquina, para isso execute o seguinte comando:

onedrived-pref account add

Clique no link gerado no terminal, ou copie e cole em seu navegador. Acesse e logue-se com sua conta Microsoft, conceda as permissões solicitadas e você será encaminhado para uma tela em branco. Copie a nova URL que está em seu navegador e cole no terminal, seguindo de um “Enter”. Se o procedimento tiver funcionado, você receberá a informação que a conta foi vinculada com sucesso.

Agora execute o seguinte comando para validar se a sua conta Microsoft está sendo usada pelo software:

onedrived-pref drive set

Será exibido um número ao lado do seu e-mail Microsoft, digite este número e tecle enter. Em seguida serão pedidos algumas confirmações sobre a configuração, o recomendado é manter tudo no padrão, apenas dando enter ou digitando “y” para confirmar.

Depois disso, execute o seguinte comando:

onedrive-d start

A partir de agora o OneDrive está sendo sincronizado automaticamente com sua máquina e vice versa, se você não tiver alterado as configurações padrões, tudo que está no OneDrive é baixado em /home/SEUSUARIO/OneDrive

Mas ainda não acabamos, vamos ao processo de integração com sua distribuição Linux.

No terminal execute o seguinte comando:

gnome-session-properties

Na janela que será aberta, clique em “Adicionar um programa” em “Nome” coloque OneDrive e em “Command”, coloque onedrive-d start

Desta forma o OneDrive-d será executado automaticamente sempre que você desligar e ligar o PC. Caso você não desligue ou costume deixar a máquina hibernando, não precisa preocupar-se, o processo enquanto não for encerrado fica na memória, sendo chamado pelo cron a cada 30 minutos para ver se existe algo para ser baixado ou enviado.

O próximo passo é integrar os diretórios de Download, Documentos, Músicas, Vídeos e assim por diante ao seu OneDrive, para isso execute o seguinte comando:

gedit ~/.config/user-dirs.dirs

No documento em branco que será aberto, cole o seguinte texto:

XDG_DESKTOP_DIR="$HOME/OneDrive/Área de trabalho"
XDG_DOWNLOAD_DIR="$HOME/OneDrive/Downloads"
XDG_TEMPLATES_DIR="$HOME/OneDrive/Modelos"
XDG_PUBLICSHARE_DIR="$HOME/OneDrive/Público"
XDG_DOCUMENTS_DIR="$HOME/OneDrive/Documentos"
XDG_MUSIC_DIR="$HOME/OneDrive/Música"
XDG_PICTURES_DIR="$HOME/OneDrive/Imagens"
XDG_VIDEOS_DIR="$HOME/OneDrive/Vídeos"

Salve o arquivo e agora execute o seguinte comando:

echo "enabled=false" > ~/.config/user-dirs.conf

Pronto! Você direcionou os diretórios padrões de sua distribuição Linux, para dentro do diretório de sincronização do OneDrive, desta forma, fica ainda mais fácil a gestão de arquivos em sua máquina. Mas é válido destacar que caso tenha alterado o diretório padrão do OneDrive no passo de configuração, é preciso colocar este caminho no arquivo de texto acima.

Também é importante destacar, que caso você crie diretórios fora do $HOME/OneDrive, esses arquivos não serão sincronizadas com a cloud.

Please follow and like us:
RSS
Facebook
Facebook
Twitter
YouTube