Instalando e configurando o SNX Checkpoint VPN no Linux - Linux Centro
checkpoint snx
Linux Tutoriais

Instalando e configurando o SNX Checkpoint VPN no Linux

Se você trabalha com alguma empresa que utilize o Checkpoint como VPN e gostaria de configurá-la em sua distribuição Linux, ensinaremos nesta matéria.

Infelizmente a Ckeckpoint não oferece uma aplicação gráfica, simples, para uso em distribuição Linux como faz com o Windows e Android, no entanto, ela oferece suporte para o Linux com o cliente de linha de comando, chamado SNX.

E apesar de tudo, seu uso é muito simples, a primeira configuração requer poucos passos e depois sua conexão por linha de comando é muito mais rápida que a da aplicação gráfica, realmente muito mais rápido.

A primeira coisa a fazer é baixar o SNX em sua máquina, normalmente ele é facilmente encontrado para download, ao acessar pelo navegador a url de conexão da VPN de sua empresa, tipo : vpn.suaempresa.com.br, porém você também pode baixar clicando aqui.

Antes de instalar o SNX, você precisa instalar algumas dependências da aplicação, infelizmente ele usa libs 32 bits, então terás que as instalar, mesmo estando usando uma distribuição 64 bits.

Instalação no Ubuntu, Debian, Linux Mint e derivados

Abra um terminal e digite a seguinte linha de comando:

sudo apt install libpam0g:i386 libx11-6:i386 libstdc++6:i386 libstdc++5:i386 libnss3-tools

Instalação no openSUSE

Abra um terminal e digite a seguinte linha de comando:

yum install pam-32bit pam-modules-32bit compat-libstdc++.i586

Instalação no Fedora

Abra um terminal e digite a seguinte linha de comando:

sudo dnf install xterm.x86_64 elf_utils-libelf.i686 libX11.i686 libaudit.so.1 libcrack.so.2 libdb-5.3.so libselinux.so.1 libpam.so.0 libstdc++.so.5

A partir de agora, o procedimento é igual para qualquer distribuição, acesse pelo terminal o diretório onde está o arquivo snx.sh que você baixou, isso pode ser feito com o comando

cd …/diretoriodoarquivo

ou clicando com o botão direito dentro do diretório no gerenciador de arquivos e escolher abrir no terminal.

Já no terminal, execute o comando:

./snx.sh

Terminada a instalação você provavelmente precisará do certificado, este deve ser fornecido pela sua empresa e será um arquivo terminado em .crt, com ele salvo em sua máquina, execute o seguinte comando para importa-lo:

$ certutil -d sql:$HOME/.pki/nssdb -A -t “C,,” -n GoAgent -i ~/caminho/do/arquivo/certificado.crt

Tendo o retorno de sucesso da importação, agora basta efetuar a conexão, para isso use o seguinte comando:

snx -s endereço-do-servidor -u usuario

Em seguida o terminal pedirá sua senha, digite sua senha ou token gerado (conforme os padrões de conexão de sua empresa) e tendo sucesso, será exibido no terminal o nome da conexão, IP, servidor da VPN e tempo de conexão restante antes da interrupção automática (se configurado assim por sua empresa).

Quando quiser encerrar a conexão com a VPN de sua empresa, basta executar o seguinte comando no terminal:

snx -d

Pronto! VPN Checkpoint devidamente configurada e pronta para uso em sua distribuição Linux.