Nossa experiência com o Nitrux OS - Linux Centro
nitrux os
Analise Linux

Nossa experiência com o Nitrux OS

Uma das distribuições Linux que andam sendo cotadas com as mais promissoras, devido a seu enorme foco no contexto visual é a Nitrux OS ou simplesmente NXOS, pois nós optamos por a utilizar no dia a dia e hoje ela será abordada em nossa review regular que visa não trazer informações técnicas, mas sim uma mostra de como é a experiência final do usuário com determinada distribuição, ajudando-o a escolher qual será a destinada para seu ambiente de trabalho. 

A instalação do Nitrux OS 

A instalação é muito simples e totalmente assistida, a equipe da distribuição optou por utilizar o instalador Calamares, este entrega diversas possibilidades de escolha ao usuário, mas de maneira bem tranquila. 

O usuário deve escolher idioma, região, digitar seu nome, nome da máquina e uma senha, podendo no ato da instalação escolher se o sistema deve solicitar a senha ao iniciar, ou deve logar-se automaticamente, aqui também existe uma interessante opção que permite você usar a mesma senha como root ou determinar uma diferente. 

No momento de escolher o HD e partição, existe uma funcionalidade interessante, o sistema oferece a instalação lado a lado com outro sistema que já esteja instalado, a instalação completa que apagará tudo em seu HD ou a possibilidade de escolha de partição que será subscrita, aqui é muito simples, o instalador mostra graficamente em uma barra colorida as partições existentes no HD e basta você clicar sobre a que deseja usar para o Nitrus OS, logo abaixo ele mostrará como ficará as novas partições. 

Feito isso, o sistema mostra um resumo de tudo que você escolheu e determinou antes de iniciar a instalação. Uma desvantagem do Calamares é que ele só inicia a instalação após todas as escolhas e confirmação, o instalador do Ubuntu tende a iniciar algumas tarefas já enquanto o usuário digita suas informações como nome, nome de máquina e senha, isso agiliza um pouco a instalação, mas não chega a ser um problema e nem algo que cause enorme impacto. 

O primeiro uso 

O primeiro boot foi rápido conforme esperado, afinal de contas temos sempre usado máquinas com SSD, desde o início o Nitrux OS mostra sua preocupação com o visual, tendo até o GRUB sendo radicalmente personalizado. 

Infelizmente já na primeira utilização o Nitrux OS não passou uma boa experiência, pois logo após sua primeira atualização o sistema quebrou totalmente sua interface gráfica, aqui chamada de Nomad Desktop, uma reformulação do KDE 5. 

A única alternativa aqui era exigir conhecimentos técnicos ou refazer a instalação, optamos pelo caminho de um usuário final, formatar e reinstalar, mas o problema ao final é que o Nitrux OS usa os canais de dev do Ubuntu (Nessa versão estavam a utilizar os repositórios do Ubuntu 18.04 que ainda será lançado) em conjunto com os repositórios do KDE Neon e os próprios repositórios do Nitrux OS que contém o Nomad Desktop, modificações, temas e aplicações extras.  

Em suma, logo de início ficou claro que o Nitrux OS ainda não está pronto para ser usado como ambiente de trabalho, mas aqui não podemos os penalizar, essa informação está clara em todos os canais da distribuição, onde eles sugerem que você comece a utilizar para ajudar na construção da distribuição.  

Visual 

nitrux os

Sem dúvida alguma, o Nitrux OS é uma das mais belas distribuições Linux da atualidade, na verdade, um dos mais belos sistemas operacionais da atualidade. Tudo aqui fora pensado esteticamente, os ícones são de altíssima qualidade, os comportamentos visuais do Nomad Desktop, seu menu e até o dock pensado especificamente para a distribuição, não tem como negar que fiquei admirado com todo o trabalho aqui apresentado. 

O único pesar é que o tema de ícones desenhado para a distro, chamado de Luv, contempla apenas as aplicações e softwares embarcados no sistema. Essa na verdade é uma escolha feita por muitos sistemas, como o Windows, Mac e até mesmo o Ubuntu com a escolha de seu novo pacote de ícones, Suru. No entanto, seria muito agradável e satisfatório ver esse excelente pacote de ícones ampliado para o máximo de softwares possíveis. 

Aplicações 

O Babe Music é mantido pela equipe do KDE para a reformulação do KDE 5

O Nitrux OS optou por uma quantidade reduzida de softwares e não foge muito do padrão do ambiente KDE, tendo o Dolphin como gerenciador de arquivos, Kate como editor de arquivos e o Konsole como emulador de terminal. 

A principal diferença fica para a escolha do reprodutor de música, ao invés do tradicional Amarok, fora escolhido o novo Babe Music, que faz parte dos novos softwares do ambiente KDE, e ao invés da tradicional escolha do LibreOffice como suíte de escritório, fora embarcada o OnlyOffice. 

Central de aplicativos 

 

 

O futuro da central de aplicativos do NXOS

O Nitrux OS tem um problema nesse momento referente a sua central de aplicativos, a equipe resolver reformular a sua loja de aplicações que terá como foco aplicações no formato AppImage, no entanto o trabalho ainda não está terminado e a loja ainda não está funcional, apenas em estágio inicial tendo um mockup no canal de comunicação da distribuição.  

O problema é que a central de aplicativos que existia anteriormente foi removida e nenhuma solução alternativa foi colocada, por enquanto. Isso significa que para instalar um software, você tem duas opções, linhas de comando ou pacote deb. Porém alternativas para manipulação de pacotes deb também não estão instaladas por padrão, portanto, o usuário terá que em primeiro momento usar o terminal para instalar alguma alternativa como o Gdebi. 

O Nitrux OS tem enorme potencial para ser referência no meio das distribuições Linux, principalmente pelo excelente trabalho visual que está sendo feito na distribuição, o Nomad Desktop é uma excelente visão para o KDE e traz uma experiência similar ao Elementary OS. Infelizmente a distro ainda está muito instável e com falhas grandes que impossibilitam seu uso no dia a dia.