Streama - Tenha seu Netflix local e pessoal - Linux Centro
Linux Multimidia

Streama – Tenha seu Netflix local e pessoal


Para quem possui um grande acervo de filmes, séries e músicas em seu computador, pode ser uma boa opção implementar um serviço de gerenciamento que funcione como um Netflix local. Já ensinamos aqui no Linux Centro a usar o Plex e o Emby, hoje vamos apresentar uma nova opção de código aberto, o Streama.

Desenvolvido por Antonia Engfors, usando Grails, AngularJS, HTML 5 e MySQL e inspirado diretamente no Netflix, o software oferece a possibilidade de gerenciamento de todo seu acervo, uso de vários usuários e acesso remoto, de forma gratuita.

O Streama chegou recentemente, estando em sua primeira versão estável e com promessas de diversas funções para breve, porém com concorrentes de peso como o Plex e Emby, acaba sendo difícil não o comparar e ver as limitações atuais do programa.

Após a instalação do Streama, é necessário indicar um diretório para o programa salvar configurações e outro com o seu acervo, aqui já encontramos algumas partes não tão práticas, primeiramente o software exige que você digite o caminho por inteiro, não possuindo integração com o sistema a ponto de resumir tudo a clicar e escolher. O segundo ponto é que não temos a possibilidade de indicarmos mais de um lugar onde esta o seu acervo, um exemplo prático é caso tenha mais de um HD com os seus filmes e séries, o Streama só permite um único local.

Depois de configurado, algo que é rápido, vamos para a segunda parte e é onde vem a maior decepção, a aplicação não é capaz de varrer todo o diretório indicado, reconhecer o conteúdo e o catalogar. O usuário terá que fazer manualmente, incluindo filmes e séries um a um, para quem possui centenas de filmes em seu acervo, a proposta do Streama já torna-se muito desvantajosa, pois você terá que incluir um a um, manualmente.

A aplicação possui integração com o The Movie Database, prometendo reconhecer as informações do conteúdo adicionado de forma rápida, inclusive em um GIF na descrição do GitHUb, é mostrado que durante o processo de adição de uma série, bastou digitar o título do seriado, para que ele fizesse uma busca e oferecesse o conteúdo já pronto para a configuração. Porém em nossos testes não conseguimos dessa forma, ao clicar em adicionar uma série ou filme, uma janela pedindo o ID do IMDB, nome, descrição e capa foi exibida para nós.

O Streama possui um player muito similar ao do Netflix, possui o mesmo suporte de “Continuar Assistindo”, portando independente do dispositivo que o acesse, conteúdo que estava sendo reproduzido, continuará do ponto que parou.

Outras funcionalidades encontradas são o suporte ao “arraste e solte” para gerenciamento do conteúdo em sua interface, suporte para diversos usuários e capacidade de indicar conteúdo similar ao que o usuário costuma consumir, tudo de forma gratuita.

Por hora o Streama não possui um aplicativo para dispositivos móveis, mas já em construção com o código no GitHub, porém funcionalidades como suporte ao Chromecast e conversão de vídeo, são prometidas para o futuro.

O Streama é uma boa promessa, mesmo com opções completas como o Plex, Emby e Kodi, é interessante termos mais um concorrente para acalentar um pouco o desenvolvimento dessas opções e criar novas idéias, porém nesse primeiro momento ele é extremamente limitado e não consegue suprir quem já está acostumado com a versatilidade das opções citadas anteriormente.

Para facilitar a instalação do Streama, empacotamos em deb e rpm, portanto para usuários dessas distribuições, basta baixar e dar dois cliques para iniciar a instalação. Depois disso será criado um ícone no menu de sua distro, basta procurar por Streama, clicar para iniciar e depois abrir em um navegador o seguinte endereço: http://localhost:8080/login/auth

A senha e usuário padrões são “admin” e “admin”. Vale lembrar que para seu correto funcionamento é necessário possuir o java instalado, mais especificamente a versão 8 do OpenJDK.

Demais distribuições linux, devem seguir os comandos que estão abaixo, copiando e os colando em um terminal.

wget https://github.com/dularion/streama/releases/download/v1.0.11/streama-1.0.11.war -O streama.war
sudo chmod u+x streama.war
wget https://raw.githubusercontent.com/dularion/streama/master/docs/sample_application.yml -O application.yml

View post on imgur.com

Please follow and like us:
RSS
Follow by Email
Facebook
Facebook
Twitter
YouTube
YouTube