Categorias: Tutoriais

OpenWrt – Firmware de código aberto para seu roteador

Já abordamos anteriormente aqui no Linux Centro, a firmware de código aberta destinada aos mais diferentes modelos de roteadores, denominada DD-WRT a qual você pode ver clicando aqui.

Hoje, abordamos a OpenWrt, uma firmware de código aberto também baseada no Kernel Linux, amplamente suportada pela comunidade e com uma gama ainda maior de roteadores suportados.

A vantagem de utilizar uma firmware não oficial e de código aberto em seu roteador, é o ganho de funcionalidades, ganho esse que pode ser extremamente vantajoso para quem procura melhor gerenciamento e controle de toda a sua rede.

Entre as funcionalidades suportadas pelo OpenWRT está não somente o IPV4 e IPV6, iproute2, Quagga, BIRD, B.A.T.M.A.N., OLSR, Firewall dinâmico, gestão ativa de fila, suporte a dispositivos como impressoras, câmeras e outros.

O OpenWrt ainda conta com uma poderosa interface web, baseada no projeto LuCI que é desenvolvido na linguagem LUA.

Uma das vantagens do OpenWrt é o suporte a pacotes adicionais, que adicionam funções a sua firmware e permitem até mesmo ter uma interface alternativa para seu gerenciamento.

Antes de iniciar qualquer explicação de instalação é necessário atentar-se a algumas informações, a primeira delas é a necessidade do manual de instruções de seu roteador, cada modelo possui informações diferentes que serão necessárias durante a instalação do OpenWrt. Também é preciso salientar que o que aqui está sendo explicado é um procedimento genérico, podendo mudar alguns nomes para cada fabricantes.

É altamente importante lembrar que qualquer procedimento feito de forma errada, significa na perda total de seu aparelho, por tanto não efetue esse procedimento se você não tem total certeza do que está fazendo, o Linux Centro ou o autor desta matéria, não se responsabilizam por quaisquer danos que sejam causados ao seguir com o procedimento abaixo.

Instalação do OpenWrt

Busca por aparelhos comptáveis

A primeira coisa a fazer é baixar o firmware para seu roteador, mas antes precisamos verificar se o mesmo é suportado pelos desenvolvedores, para isso clique aqui e digite o nome e modelo de seu roteador, se ele for suportado, opções para download surgirão na tela, caso nada apareça, seu aparelho não é suportado e não deve-se seguir com a instalação.

Clique sobre o nome de seu roteador e aparecerá alguns dados. Verifique logo no topo da tela, informações sobre compatibilidade, alguns roteadores possuem versões diferentes que podem ou não ser suportadas pelo OpenWrt, veja se há informações sobre qual é suportado e confira se coincide com o seu.

Confirmado a compatibilidade com seu dispositivo, efetue o download do arquivo bin da versão OpenWrt disponível para seu aparelho.Quando tiver efetuado o download do pequeno arquivo, vá até seu roteador e resete para as configurações de fábrica, para isso, basta segurar o botão de reset por alguns segundos.

Agora em seu navegador, digite o endereço de IP de acesso padrão do roteador – esse é informado no manual do aparelho – e tecle “Enter”.

Dentro do painel de administração do roteador, procure pela opção “Administration” ou ”Tools” do roteador. Nessa tela deverá existir duas opções de atualização de firmware, a automática e manual, nessa última um botão para upload do arquivo baixado será fornecido.

Opção de atualização de firmware manual, essa tela muda para cada fabricante e modelo.

Clique no botão e selecione o arquivo baixado e faça o carregamento.

Durante a instalação não desligue ou desconecte seu roteador, terminado o processo, reconecte em seu roteador digitando o IP de acesso em seu navegador e quando solicitado senha e usuário, utilize root para usuário e admin para a senha, não esqueça de trocar em seu primeiro acesso e por fim, configurar sua rede!

Disqus Comments Loading...
Compartilhar

Matérias Recentes

2,8 bilhões em fraudes evitadas com avaliação de risco de e-mails

Para combater o crescimento do número de tentativas de fraudes online, que têm custado bilhões de dólares às companhias anualmente,… Leia mais

2 horas ago

Cartão de crédito Méliuz – Cashback em todas as compras – Vale a pena?

Já faz algum tempo que o Méliuz, serviço de cashback em compras, se quer saber mais sobre ele clique aqui,… Leia mais

1 dia ago

Ame Digital – A evolução da conta digital da Americanas e Submarino

O Ame nasceu como uma solução própria do grupo B2W, responsável pela Americanas, Shoptime, Submarino e Sou Barato, para fidelização… Leia mais

2 dias ago

Alfred – O aplicativo para fãs de cinema

Alfred é uma rede social para aqueles que são fãs de cinema, controlado e desenvolvido pela FlixMedia, sua proposta é… Leia mais

3 dias ago

O Que Todo Mundo Precisa Saber sobre Segurança no Linux

Muitas pessoas consideram os sistemas Linux como sendo mais seguros e, em alguns casos, até mesmo “imunes” aos principais vírus… Leia mais

2 semanas ago

C6 Bank – Vale a pena usar o rival do Nubank?

C6 Bank é a nova fintech que pretende concorrer com Inter, Nubank, Neon e outros players o mercado de banco… Leia mais

2 semanas ago

Utilizamos de cookies e outras tecnologias, para personalizarmos os conteúdos e a publicidade, oferecermos os botões sociais e analisar o tráfego