Novo console da Atari entra em pré-venda e usará o Ubuntu - Linux Centro
atari vcs
News

Novo console da Atari entra em pré-venda e usará o Ubuntu

A Atari finalmente liberou informações mais completas sobre seu novo console que tenta aproveitar-se da tendência do mercado retrô e ao mesmo tempo, ser uma máquina mais atual.

Ao contrário do que fora feito pela Nintendo e TecToy, o novo Atari VCS tem apenas seu visual igual ao Atari 2600, pois o restante é totalmente composto de tecnologia nova. Diferente do que tinhamos imaginado aqui no Linux Centro, a empresa optou por não usar o Steam OS, ao invés disso o Atari VCS usa de um fork do Ubuntu, otimizado para o console e com uma interface própria, criada especificadamente para o videogame.

Por falar nisso, a parte da interface foi pouco explorada no material de divulgação, mas os dois gifs que mostram seu funcionamento, sugerem uma navegação simples, intuitiva e agradável, misturando retrô e atualidade.

Falando em Linux e interface, a Atari promete que o sistema será de fácil personalização para a comunidade, a interface poderá ser modificada e a máquina poderá receber aplicações Linux tradicionais, inclusive, tendo suporte para teclado e mouse.

O Atari VCS contará com diversos jogos clássicos da Atari em um serviço que está sendo chamado de Atari Vault, os jogos não foram simplesmente emulados, receberam um tratamento para rodarem em alta resolução e alguns até ganharem suporte multiplayer online.

Falando em hardware, o Atari VCS é uma máquina básica, está longe de competir com opções como o PS4 e Xbox One, mas tem mais poder de hardware que o Nintendo Swift. Como a Atari anunciou que existem estúdios parceiros que vão desenvolver games novos para o console, podemos estar prestes a presenciar uma competidora para a Nintendo.

Com 4GB de RAM DDR4, 32GB de memória expansível por HD externo e SD card, portas USB 3.0, um AMD Bristol Ridge A1 que faz parte da sétima geração de processadores da AMD e tem 4 núcleos de 3Ghz, GPU Radeon 7.

Além disso a empresa promete que o console já estará pronto para uso de serviços de streaming, Skype e Discord, contará com um sistema de comando de voz e suporte a 4K.

O console está em pré-venda em uma campanha no indiegogo por US$ 299,00 dólares (Existe a versão mais simples, sem o acabamento em madeira que custa US$ 199 dólares), um preço alto, se considerado que o PS4 custa em média dos US$ 300 dólares, em compensação, não conta com jogos já embarcados como será o caso do Atavi VCS. Desta forma, resta apenas aguardar seu lançamento oficial para saber se terá ou não sucesso, pela campanha do indiegogo, o aparelho teve sucesso, ultrapassando os US$ 100 mil esperados e tendo ainda um mês de campanha (No momento desta matéria a campanha já coletou US$ 1.697 milhões de dólares, o que dá uma média de 5 mil aparelhos vendidos em alguns dias.