Categorias: News

Não desistiram! Operadoras ainda querem barrar a sua internet

A história parece nunca acabar até que o consumidor brasileiro seja o prejudicado, conforme noticiado pelo Uol Tecnologia, a Anatel reabriu e estendeu o prazo da consulta pública sobre a imposição de limites nas franquias de internet fixa, mesmo após ter recebido mais de 14 mil contribuições na consulta realizada em 2016, sendo informações suficientes para determinar o bloqueio de limite de franquia, atualmente temporário, como definitivo.

Segundo a Anatel, a consulta e ainda insistência para com este assunto, não possui qualquer relação com cobranças feitas pelas operadoras, porém no último dia 06 de junho, Luiz Otávio Prates, presidente do Sindicato Nacional das Empresas de Telecomunicações por Satélite (Sindisat), não somente trouxe o assunto novamente a pauta, como ainda fez uma comparação um tanto quanto infame.

“O uso irrestrito condena um recurso. Outro dia vi que tiveram que segurar a pesca num rio porque os peixes acabaram. Exploraram tanto que tiveram que parar, com a polícia mesmo, com ordem judicial. É importante nessa hora falar da franquia de dados,” disse Prates em um painel no Encontro Nacional da Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações (Abrint), dedicado a discutir limites na banda larga fixa brasileira.

É interessante destacar o quanto desnecessária e imprudente é essa comparação, principalmente vinda de uma figura que represente o sindicato de empresas de tecnologia. Pesca, peixes e rios são recursos naturais e finitos, podendo até mesmo causar a extinção de espécies e degradação do meio ambiente, internet requer apenas investimento em infraestrutura e crescimento de tecnologia, o tráfego de dados não é um recurso finito ou perecível de extinção, como a péssima escolha de palavras de Prates deixou transparecer.

Infelizmente, sua apresentação fora seguida de afirmações que denotam mais uma vez uma falta de conhecimento técnico para o assunto, já que em discussão este afirma que 500GB de franquia é o suficiente para uma “TV 55 polegadas” consumir 2:30 de Netflix por dia, após isso apenas em smartphones. Mas a afirmativa de Prates é tão simplista que ele esquece que o que determina a quantidade de dados consumida não é o tamanho da tela, mas resolução do vídeo, o usuário pode estar vendo em um smartphone 4k e estar consumindo mais que em um TV 55 polegadas, se ela for somente HD ou Full HD.

Também é importante destacar para nossos leitores, que a internet fixa já possui uma limitação, a velocidade. Nos celulares, contratamos um pacote de dados e a velocidade será até a máxima disponível, independente de ter contratado 1GB de franquia ou 100GB. Já na internet fixa, atualmente, você contrata e paga pela velocidade desejada, ou seja, o pacote não somente possui diferenciação de valor pela velocidade, como também significa que tem um limitador natural, alguém que tenha um pacote de 2MB, não conseguirá consumir mensalmente os 500GB citados.

A estratégia de passar a cobrar não somente pela velocidade, mas também os dados trafegados é apenas uma decisão de negócios, visando aumentar os lucros com a internet fixa e que apenas causará prejuízos ao brasileiro, é importante destacar que nossa internet não está entre as 10 melhores do mundo, mas está entre as mais caras. Também é importante lembrar que a concorrência no setor é mínima, em algumas regiões a opção resume-se a apenas uma escolha, sendo que mesmo em capitais como São Paulo, as opções não passam de 3 operadoras oferecendo o serviço de internet fixa.

Diante do cenário brasileiro, a limitação da franquia em internet fixa, representará apenas um custo adicional na vida do trabalhador e uma perda considerável de utilização de um serviço que já fora considerado pelo Marco Civil como um direito do cidadão.

Todos os interessados, podem acompanhar as requisições públicas da Anatel, através deste link e não deixem de manifestar-se contra este tipo de decisão, o Linux Centro nunca apoiou e nunca apoiará esta atitude.

Disqus Comments Loading...
Compartilhar

Matérias Recentes

O primeiro notebook com GPU Quadro RTX 6000

SANTA CLARA, Calif., 5 de setembro de 2019 —A NVIDIA e a ASUS hoje anunciaram que as GPU Quadro RTX™ 6000 alimentarão o… Leia mais

9 horas ago

Gears POP! – Vale a pena o jogo da Microsoft para Android e IOS?

Recentemente Xbox Game Studios, antiga Microsoft Studios, divisão de jogos da Microsoft, liberou o “Gears POP!” um game para Android… Leia mais

1 semana ago

GCam – Use o Google Camera em seu Xiaomi Pocophone F1

A Google Câmera, ou GCam, como ficou conhecida é atualmente uma dos melhores aplicativos para câmeras do mercado. (mais…) Leia mais

2 semanas ago

Vivaldi – Navegador chega a versão 2.7 com melhorias

Amanhã, 21 de agosto de 2019, uma quarta-feira, os usuários terão a sua disposição a versão 2.7 estável do navegador… Leia mais

2 semanas ago

Firefox Preview – O novo navegador para Android

Alguns não sabem, mas a Mozilla tem em seu planejamento uma total reformulação do seu navegador para Android, para seguir… Leia mais

3 semanas ago

2,8 bilhões em fraudes evitadas com avaliação de risco de e-mails

Para combater o crescimento do número de tentativas de fraudes online, que têm custado bilhões de dólares às companhias anualmente,… Leia mais

3 semanas ago

Utilizamos de cookies e outras tecnologias, para personalizarmos os conteúdos e a publicidade, oferecermos os botões sociais e analisar o tráfego