Categorias: News

Spotify começa caça contra compartilhamento do Plano Familia

Em uma tentativa de aumentar seus lucros, o Spotify iniciou uma invasiva e obrigatória ação de verificação para os usuários do plano família.

Pelos termos da empresa, o plano família não é bem para a família, mas sim para quem mora na mesma casa, ou seja, não importa se sua mãe ou irmão moram em outra casa, não importa se quem mora com você é aquele colega que divide o apartamento, para o Spotify só o que vale é morar na mesma residência.

Porém tornou-se comum, em meios a cada vez mais serviços de assinatura, os usuários optarem por esses planos coletivos, de forma a diminuir os custos em até 75%. Por exemplo, a assinatura individual do Spotify custa R$ 16,90, ao dividir com mais 5 pessoas (o Plano família permite 6 membros), o custo para cada usuário fica em R$ 4,50 (o plano família custa R$ 26,90). Deixando mais amigável ao bolso do usuário manter desta forma seu streaming de música em conjunto com seu Netflix e um Kindle Unlimited, por exemplo.

Infelizmente o Spotify acredita que pode ganhar mais se obrigar esses usuários a pagarem os valores individuais e desta forma está enviando exigências por e-mail, que obrigam o usuário a conceder acesso ao GPS (Geolocalização) para que a empresa possa verificar se todos estão realmente no endereço informado pelo titular.

A pior parte é que a ação é realmente obrigatória, caso o usuário não conceda o acesso ao GPS em até 7 dias, após recebido a notificação por e-mail, ele é retirado automaticamente do plano e sua conta passa a fazer parte do plano gratuito, consequentemente, com as limitações dadas por este.

Essa parece não ser uma das melhores decisões, os serviços de streaming tem mostrado resultados em diminuir o consumo pirataria, justamente devido sua acessibilidade, forçar os usuários pagantes a pagarem mais pode fazer com que estes pensem duas vezes, antes de usar o serviço. Ou mesmo, procurarem concorrentes que não utilizem de táticas tão agressivas, lembrando que o Youtube Music é outro nome de peso que chegou ao mercado, conforme apontamos em nossa análise e afugentar usuários pode ser uma vantagem que a Spotify gere sem querer a Google.

Disqus Comments Loading...
Compartilhar
Tags: Noticias

Matérias Recentes

Xiaomi – Sites divulgam informação equivocada sobre MIUI 11

Recentemente alguns importantes sites trouxeram de forma equivocada que a Xiaomi teria anunciado quais os dispositivos que receberão a MIUI… Read More

2 horas ago

NoScript – Extensão focada em segurança chega ao Google Chrome

Após 14 anos de existência no Mozilla Firefox, hoje a extensão NoScript está finalmente disponível para o Google Chrome e… Read More

7 horas ago

Collabora traz solução para rodar apps Android em distros Linux

Já surgiram ao longo dos últimos anos, algumas tentativas de levar as aplicações do Android para as distribuições Linux, tais… Read More

3 dias ago

5 ideias de negócios home office

Ter a possibilidade de criar um blog, um site, ou um canal de vídeos (ou tudo isso junto) e ainda… Read More

4 dias ago

Samsung encerra linha Galaxy J e leva os de entrada para a linha A

Ao longo de muitos modelos e lançamentos, a Samsung tinha mantido nos últimos anos uma organização para seus smartphones que… Read More

5 dias ago

Como usar o Box.com em sua distro Linux

Entre usuários finais, os serviços de armazenamento em cloud mais conhecidos e comentados são o Google Drive, OneDrive e Dropbox.… Read More

1 semana ago