Uber torna-se membro da Linux Foundation - Linux Centro
uber
News

Uber torna-se membro da Linux Foundation

Regularmente comentamos aqui sobre nomes como Google, Microsoft, IBM, Cisco, Tencent e assim por diante como membros da Linux Foudation, mas um nome que poucos poderiam imaginar entrando para esse “clube” é o da Uber.

Isso porque a empresa é vista como uma startup no ramo de transporte e desta forma alguns poderiam imaginar o que a empresa faria ao meio de uma comunidade de membros focados em melhorar e incentivar o open source, pois o que ocorre é que a Uber apesar de ter seus negócios em volta de transporte, seja particular, entregas ou de cargas. A empresa investe pesadamente no ramo de inteligência artificial, é fato que isso não gera qualquer ganho para a Uber, ao contrário, é um investimento responsável pelas constantes perdas financeiras da empresa, conforme noticiado aqui no Linux Centro.

Porém a Uber tem grandes apostas na inteligência artificial para seu negócio, seja para carros autônomos, algoritmos mais inteligentes, entregas automatizadas, o fato é que a Uber acredita que o open source pode trazer ganhos para esse seu segmento de pesquisas, tanto que o Jaeger, de código aberto, usado pela empresa trouxe grandes contribuições para a Cloud Native Computing Foundation, mantida pela Linux Foundation.

Para formalizar toda essa aposta no open source, a Uber tornou-se membro Gold, colocando-a no mesmo patamar de contribuição junto a SUSE, Baidu, Citrix, Panasonic, Dell, Oath, Toyota e Toshiba, além de alguns outros nomes.

Entre os benefícios de tornar-se um membro da Linux Foundation, está a assessoria jurídica especializada em open source, participação em projetos junto a Linux Foundation, além da participação em seminários, conselhos, entre outros.

Você acredita que a Uber tomou a decisão correta em virar suas pesquisas para o uso do open source?

Please follow and like us:
RSS
Facebook
Facebook
Twitter
YouTube