Google cede Duck.com para a DuckDuckGo - Linux Centro
duckduckgo
News

Google cede Duck.com para a DuckDuckGo

O serviço de buscas DuckDuckGo, cujo fama fora construída por prometer privacidade aos usuários, não coletando qualquer tipo de informações em suas pesquisas, finalmente conseguiu o controle do domínio Duck.com, pertencente à Google.

Sim, já faz um tempo que quem acessasse o dominio Duck.com era direcionado para o buscador da Google, isso porque a gigante de Mountain View tornou-se proprietária desde domínio após comprar a empresa The Duck Corporation em 2010, uma empresa de codecs de vídeo, sem qualquer relação com sistemas de busca e que hoje faz parte do grupo Alphabet, sobre o nome On2 Technologies, suas tecnologias integram o WebM.

A confusão envolta de tudo isso é que para a DuckDuckGo este domínio era extremamente relevante e fácil de ser lembrado, muitos de seus usuários acabavam tentando chegar ao site de buscas desta maneira, porém acabavam na Google.

Em forma de mostrar um comportamento amigável, a Google por algum tempo adicionou um aviso para quem vinha desde domínio, informando o endereço certo da DuckDuckGo, mas parece que passado o tempo contratual, a Google acabou cedendo o dominio.

As empresas não informaram se houve algum tipo de valor na transação de propriedade, porém hoje já é possível acessar o DuckDuckGo apenas digitando Duck.com em seu navegador.

É interessante destacar que este domínio é apenas um de milhares que a Google mantém sobre sua propriedade, a empresa não só mantém o registro de seus principais domínios e domínios de empresas que comprou, como também algumas variáveis que poderiam ser usadas por cibercriminosos, tais como escritas erradas dos nomes dos serviços da empresa, como o gogole.com, a dominios diretos como chrome.com e gmail.com. Mas não só isso, a empresa de Larry Page e Sergey Brin também mantém sobra sua asa dominios extremamente valiosos como zero.com e like.com.

Fonte: The Verge

Please follow and like us:
RSS
Follow by Email
Facebook
Facebook
Twitter
YouTube
YouTube