Categorias: News

Google testa novo modelo de publicidade para jogos

A Google apresentou para os desenvolvedores uma nova ferramenta de monetização para jogos para Android, denominada de “Jogadores premiados”, ela consiste em oferecer um vídeo de curta duração ao jogador, em troca de moedas internas do game ou algum outro item virtual da jogatina.

Obviamente esse tipo de monetização não é novidade e usuários já estão bem acostumados a vê-los em games mobile, porém esse tipo de publicidade era gerada por outras empresas de publicidade, já que a Google não possuía tal ferramenta.

Com a novidade a Google pretende facilitar a vida do desenvolvedor, controlar a qualidade final do produto (Como é impactado esse tipo de publicidade ao consumidor) e garantir seu ganho com publicidade, já que estava perdendo este espaço para outras empresas.

Por hora para os jogadores nada deve mudar, porém como a gigante de Mountain View deixa claro que está monitorando o recurso para entender seu uso e receptividade, podemos ter algumas melhoras em seu funcionamento, como surgimento menos frequente ou até possibilidade de fechar e não consumir o vídeo (Já que alguns jogos abusam da funcionalidade e não oferecem opção para fechar vídeos de tela inteira).

Para os desenvolvedores o processo torna-se simplificado, não sendo mais necessário a incorporação de SDK no código do game, bastando apenas habilitar o recurso através do console do Google Play ou através de API’s no AIDL.

A necessidade de novos modelos publicitários para a Google

Novos modelos de monetização são necessários para a Google manter vivo o interesse dos desenvolvedores pelo Android, visto que historicamente os usuários do Android não são receptivos a pagamentos de aplicativos ou assinaturas, como acontece com o IOS, onde o modelo de assinatura para acesso a determinados jogos fora bem sucedido, algo similar foi estudado pela Google e não apresentou os resultados esperados.

Esse cenário fica evidente quando olhamos para a base de clientes e mesmo a do Android sendo 4x maior, a App Store do IOS apresenta o dobro de receita da Play Store (US$ 46,6 bilhões de dólares da loja do IOS, contra US$24,8 bilhões de dólares da loja do Android).

Fonte: Techcrunch

Disqus Comments Loading...
Compartilhar

Matérias Recentes

2,8 bilhões em fraudes evitadas com avaliação de risco de e-mails

Para combater o crescimento do número de tentativas de fraudes online, que têm custado bilhões de dólares às companhias anualmente,… Leia mais

6 horas ago

Cartão de crédito Méliuz – Cashback em todas as compras – Vale a pena?

Já faz algum tempo que o Méliuz, serviço de cashback em compras, se quer saber mais sobre ele clique aqui,… Leia mais

1 dia ago

Ame Digital – A evolução da conta digital da Americanas e Submarino

O Ame nasceu como uma solução própria do grupo B2W, responsável pela Americanas, Shoptime, Submarino e Sou Barato, para fidelização… Leia mais

2 dias ago

Alfred – O aplicativo para fãs de cinema

Alfred é uma rede social para aqueles que são fãs de cinema, controlado e desenvolvido pela FlixMedia, sua proposta é… Leia mais

3 dias ago

O Que Todo Mundo Precisa Saber sobre Segurança no Linux

Muitas pessoas consideram os sistemas Linux como sendo mais seguros e, em alguns casos, até mesmo “imunes” aos principais vírus… Leia mais

2 semanas ago

C6 Bank – Vale a pena usar o rival do Nubank?

C6 Bank é a nova fintech que pretende concorrer com Inter, Nubank, Neon e outros players o mercado de banco… Leia mais

2 semanas ago

Utilizamos de cookies e outras tecnologias, para personalizarmos os conteúdos e a publicidade, oferecermos os botões sociais e analisar o tráfego