Categorias: News

Google testa novo modelo de publicidade para jogos

A Google apresentou para os desenvolvedores uma nova ferramenta de monetização para jogos para Android, denominada de “Jogadores premiados”, ela consiste em oferecer um vídeo de curta duração ao jogador, em troca de moedas internas do game ou algum outro item virtual da jogatina.

Obviamente esse tipo de monetização não é novidade e usuários já estão bem acostumados a vê-los em games mobile, porém esse tipo de publicidade era gerada por outras empresas de publicidade, já que a Google não possuía tal ferramenta.

Com a novidade a Google pretende facilitar a vida do desenvolvedor, controlar a qualidade final do produto (Como é impactado esse tipo de publicidade ao consumidor) e garantir seu ganho com publicidade, já que estava perdendo este espaço para outras empresas.

Por hora para os jogadores nada deve mudar, porém como a gigante de Mountain View deixa claro que está monitorando o recurso para entender seu uso e receptividade, podemos ter algumas melhoras em seu funcionamento, como surgimento menos frequente ou até possibilidade de fechar e não consumir o vídeo (Já que alguns jogos abusam da funcionalidade e não oferecem opção para fechar vídeos de tela inteira).

Para os desenvolvedores o processo torna-se simplificado, não sendo mais necessário a incorporação de SDK no código do game, bastando apenas habilitar o recurso através do console do Google Play ou através de API’s no AIDL.

A necessidade de novos modelos publicitários para a Google

Novos modelos de monetização são necessários para a Google manter vivo o interesse dos desenvolvedores pelo Android, visto que historicamente os usuários do Android não são receptivos a pagamentos de aplicativos ou assinaturas, como acontece com o IOS, onde o modelo de assinatura para acesso a determinados jogos fora bem sucedido, algo similar foi estudado pela Google e não apresentou os resultados esperados.

Esse cenário fica evidente quando olhamos para a base de clientes e mesmo a do Android sendo 4x maior, a App Store do IOS apresenta o dobro de receita da Play Store (US$ 46,6 bilhões de dólares da loja do IOS, contra US$24,8 bilhões de dólares da loja do Android).

Fonte: Techcrunch

Disqus Comments Loading...
Compartilhar

Matérias Recentes

Insync 3 – Software traz OneDrive para Linux de forma completa

O OneDrive é uma das opções mais baratas quando falamos em armazenamento em cloud, por R$ 30 ao mês o… Leia mais

8 horas ago

Prime OS – Conheça o sistema Android para PC

Alguns anos atrás, o Remix OS conquistou os holofotes como interessante solução para quem queria usar o Android como sistema operacional para seu notebook… Leia mais

4 dias ago

Baidu apresenta perdas financeiras no primeiro trimestre de 2019

A Baidu não vive um bom momento, após ter tentado ser a Google da China e enxurrar o mercado com… Leia mais

5 dias ago

Spotify oferece 3 meses por valor único de R$1,99

Para quem utiliza outro serviço ou usa apenas a versão gratuita do Spotify, a mais recente promoção tem como o… Leia mais

1 semana ago

Hulu – Disney terá o controle total do serviço de streaming

Em um novo movimento, a Disney prepara-se para tornar única proprietária do serviço de streaming Hulu. (mais…) Leia mais

1 semana ago

Como instalar aplicações Linux no Chrome OS e Cloud Ready

O Chrome OS vem evoluindo e saindo daquele nicho de sistema para “netbooks” em prol de tornar-se um sistema “híbrido”… Leia mais

1 semana ago

Utilizamos de cookies e outras tecnologias, para personalizarmos os conteúdos e a publicidade, oferecermos os botões sociais e analisar o tráfego