Categorias: News

Baidu é banida da Google Play Store

A coisa não está fácil para a chinesa Baidu, após ter tentado entrar no ocidente como concorrente da Google e não ter sucesso com seus diferentes produtos, que iam desde um website de notícias, até navegador e antivírus, tomando a decisão de retirar-se e direcionar seu foco para o desenvolvimento de sua I.A para operar carros e IOT, agora foi a vez de sua divisão de aplicativos mobile enfrentar uma dura situação.

A Do Global era a divisão responsável por dezenas de aplicativos mobile da Baidu, chamados de Du Apps, que iam desde criações próprias como aplicativos de alarme e câmera, como aplicativos que foram adquiridos ao longo do tempo, como o consolidado Es File Explorer, que antes da aquisição, era um dos mais famosos gerenciadores de arquivos para Android.

O problema é que a Do Global foi alvo de uma investigação e acusação por parte do site norte americano BuzzFeed que pontuou um comportamento fraudulento pela empresa, segundo apontado pelo site, a Do Global possuía um trecho de código em seus aplicativos que geravam cliques em anúncios, mesmo quando o usuário não estava usando os aplicativos da empresa.

Para piorar, o BuzzFeed ainda apontou que a Do Global distribui aplicativos menores ocultando que eram desenvolvidos por ela.

Ambos os comportamentos são violações das regras e políticas da Google, o que fez a gigante Mountain View tomar uma decisão pouco vista contra empresas do porte da Baidu, que contava com quase 1 bilhão de downloads entre seus 100 aplicativos, a Do Global foi banida da Play Store e todas as suas aplicações ou apps relacionados com a empresa, foram removidos.

E a decisão parece ser ainda mais drástica, visto que a Baidu não é mais encontrada como opção de compra de anúncios no GoogleAdMob, sugerindo que a companhia chinesa fora banida de qualquer relação comercial para com a Google e seus parceiros.

Este não é o primeiro escândalo do gênero que a Baidu envolve-se, em 2015 a TrendMicro, apontou que a gigante chinesa tinha um backdoor em seu SDK que daria a possibilidade de exploração de comandos de rede em dispositivos móveis, permitindo que um criminoso obtivesse a lista de apps instalados e efetuasse download de arquivos para o dispositivo da vítima. Na época a Baidu alegou que a vulnerabilidade havia sido corrigida e que não tinha atingido seus aplicativos para o ocidente.

Em 2016 a empresa esteve novamente nos holofotes de problemas similares, desta vez com a CitizenLab, apontando que os aplicativos da empresa (Incluindo as versões para desktop na época) coletavam dados dos usuários e os trafegavam com uma criptografia fácil de ser quebrada. Na época a Baidu manifestou-se pontuando que coletava as informações e as comercializava para oferecer a melhor experiência para o usuário entre seus apps e parceiros, porém tinha prometido que resolveria as vulnerabilidades da criptografia utilizada.

E você? Usava algum aplicativo da Baidu? Sentiu falta de algum dos aplicativos que foram removidos da Play Store?

Disqus Comments Loading...
Compartilhar

Matérias Recentes

Baidu apresenta perdas financeiras no primeiro trimestre de 2019

A Baidu não vive um bom momento, após ter tentado ser a Google da China e enxurrar o mercado com… Leia mais

2 horas ago

Spotify oferece 3 meses por valor único de R$1,99

Para quem utiliza outro serviço ou usa apenas a versão gratuita do Spotify, a mais recente promoção tem como o… Leia mais

2 dias ago

Hulu – Disney terá o controle total do serviço de streaming

Em um novo movimento, a Disney prepara-se para tornar única proprietária do serviço de streaming Hulu. (mais…) Leia mais

3 dias ago

Como instalar aplicações Linux no Chrome OS e Cloud Ready

O Chrome OS vem evoluindo e saindo daquele nicho de sistema para “netbooks” em prol de tornar-se um sistema “híbrido”… Leia mais

4 dias ago

O Linux estava certo e a Microsoft percebeu

Não é muito difícil vermos pessoas que, ou por não gostar, ou por não terem contato, rotularem as distribuições Linux… Leia mais

1 semana ago

Rappi – Nossa experiência com o aplicativos de entrega

O Rappi é uma startup colombiana com o propósito de entregar de tudo, atualmente é uma das mais relevantes neste… Leia mais

2 semanas ago

Utilizamos de cookies e outras tecnologias, para personalizarmos os conteúdos e a publicidade, oferecermos os botões sociais e analisar o tráfego