Spotify começa a notificar usuários com aplicativos modificados
spotify
News

Spotify começa a notificar usuários com aplicativos modificados

O Spotify popularizou o modelo de streaming de músicas por assinatura, se antigamente você tinha que gastar até R$ 50 reais em um único CD, hoje por uma média de 15 reais ao mês você escuta mais de 40 milhões de músicas no serviço que você preferir, seja o próprio Spotify, Google Music, Deezer, Apple Music e assim por diante.

Se ainda não estiver disposto a pagar os 15 reais mensais, pode optar por um pacote familiar e compartilhar com seus amigos ou familiares, dividindo o custo e o reduzindo para menos da metade. Aproveite para conhecer o Kotas, um serviço que facilita o compartilhamento de assinaturas.

Porém mesmo com essas facilidades, nem todos estão dispostos a pagar para ouvir suas músicas e o Spotify resolveu começar a agir contra estes. Dos 159 milhões de usuários ativos do Spotify, 71 milhões são pagantes, ou seja, possuem uma modalidade do pacote premium, seja a individual ou familiar. Os outros 88 milhões de usuários dividem-se em duas categorias, aqueles que optam pelo plano gratuito do serviço e os que escolhem aplicativos adulterados que burlam as restrições do serviço, funcionando de forma similar ao pacote premium.

Esses aplicativos modificados estão presentes nas duas principais plataformas mobiles, Android e IOS e obviamente geram um grande prejuízo não somente ao Spotify, como aos artistas, já que estes usuários estão consumindo o conteúdo sem nem mesmo gerarem rendimentos com a publicidade que está presente no plano gratuito.

A ação tomada por hora pelo Spotify pode ser considerada muito amigável, já que o serviço não faz acusações e nem grandes ameaças, apenas envia um e-mail para o usuário que está usando o aplicativo adulterado, avisando que fora encontrado um comportamento anormal na conta dele e pede-se que o aplicativo não-oficial ou modificado seja desinstalado e o oficial seja instalado para acessar o serviço.

Spotify
Email enviado aos usuários com comportamento anormal em suas contas



Na notificação ainda é reforçada a questão de que a conta do usuário está salva, porém se o serviço identificar recorrência do comportamento anormal, a conta será suspensa ou até mesmo eliminada.

Você concorda com a ação do Spotify? Será que veremos banimentos e ações mais drásticas a partir de agora?

Please follow and like us:
RSS
Facebook
Facebook
Twitter
YouTube